fbpx Pró-frotas
Pró-Frotas

Por Pró-Frotas

2 de abril de 2020

2 min. de leitura

6 boas práticas para aplicar na sua frota diante do Coronavírus

Estamos passando por um momento delicado, uma pandemia se instalou no mundo, e a COVID-19 nos propõe uma nova rotina, a qual requer cuidados para preservar a integridade de colaboradores e clientes.

Por isso hoje, separamos algumas práticas simples que devem ser levadas em conta, para que seja possível garantir a segurança de todos dentro do setor de transporte. Confira!

1) Conscientizar os colaboradores sobre a relevância do COVID-19

Em primeiro lugar, é de extrema importância repassar aos seus colaboradores informações sobre o novo coronavírus, e lembrá-los da relevância deste vírus e da pandemia atual.

Também é importante reafirmar que esta doença, não atinge somente um tipo de pessoa ou determinada classe, e que o cuidado pessoal também é necessário para evitar a contaminação de demais pessoas.

Orientar seus colaboradores a tomarem alguns cuidados para minimizar os riscos de contaminação, como:

  • Lavar as mãos sempre que possível com água e sabão;
  • Evitar colocar as mãos no rosto, principalmente nos olhos, boca e nariz;
  • Ao tossir ou espirrar barrar com o antebraço ou um lenço descartável;
  • Evitar ambientes fechados e aglomerações de pessoas.

É importante também, informar quais os sintomas da COVID-19, e como deve ser a procura por ajuda no caso de possuir os sintomas.

Lembrando que os sintomas podem ser: febre alta, tosse, dor de garganta e falta de ar.

2) Disponibilizar produtos de higiene pessoal

Uma obrigação por parte dos gestores, é disponibilizar um kit de produtos de higiene pessoal para cada colaborador.

Este kit deve conter álcool em gel 70%, lenços descartáveis, máscaras descartáveis, luvas descartáveis, sabonete.

3) Fazer a higienização correta dos veículos da frota

Manter a higiene do veículo é imprescindível neste momento, por isto é importante manter o veículo aspirado e retirar o lixo diariamente.

Além disto, fazer a limpeza com álcool 70% ou desinfetante, principalmente nas áreas de maior contato, como o câmbio, as alavancas de seta e limpadores, painel, volante, botões, rádio (se houver), e não se esquecer das maçanetas, tanto internas quanto externas.

4) Criar um protocolo para a troca de turnos

É imprescindível criar um protocolo de limpeza para a hora da troca de turnos, no caso de veículos compartilhados, para que a possível transmissão do novo coronavírus seja nula.

É indicado que antes de adentrar no veículo, o próximo colaborador faça a higienização com atenção de todo o veículo.

Álcool 70% e papel toalha são indicados para a limpeza de superfícies, já a abertura das janelas para aumentar a circulação de ar.

5) Circular com as janelas abertas

Outra prática que deve ser incentivada é a de circular com as janelas abertas, pois isto fará com que haja uma maior circulação de ar dentro da cabine, e um menor risco de contaminação.

Caso o calor seja excessivo ou esteja chovendo, você pode ligar o ar-condicionado, entretanto, a janela deve permanecer com uma fresta aberta.

Outro ponto que deve ser levado em conta, é verificar a limpeza do ar-condicionado, pois este também pode ser um proliferador de vírus e bactérias se não estiver higienizado corretamente.

6) Roteirização de frotas para evitar zonas de alto risco

A roteirização de frotas é essencial para que seja possível escolher percursos que evitem destinos que estejam em situação de alerta devido ao alto nível de proliferação do covid-19.

Além disto, a roteirização também irá auxiliar no controle do número de motoristas ativos na empresa, auxiliando no monitoramento e rastreamento de sua frota.

Se cada um fizer a sua parte, tomar os devidos cuidados, podemos passar por este momento contribuindo para diminuir o impacto na sociedade.


Deixe seu comentário:

Veja também:

Mulheres caminhoneiras: representatividade pelas estradas brasileiras

13 de outubro de 2020

Acidentes de trânsito: principais causas e como preveni-las

8 de outubro de 2020

Pé no Freio - Dicas simples de como fazer a gestão da velocidade de sua frota

8 de outubro de 2020

Entrega Expressa, entenda os desafios!

28 de setembro de 2020
Tags:
abastecimento interno acidentes de trânsito acúmulo de km álcool em gel boas praticas gestão de frotas campanha capacitação cargas Carsharing causas acidentes de trânsito chuva combustível comunicação comunicação gestão de frotas congue consumo controle controle de combustível controle velocidade coronavírus covid-19 covid19 cuidados cuidados vírus corona custos decisões gestor de frota despesa dicas dicas frota leve dicas para evitar digital entrega erros excel facilidade flexibilidade frota Frota de caminhões frota leve frotas Frotas comerciais Frotas de aluguel de carros Frotas de entregas Frotas de serviços públicos gestão gestão de frotas gestao de multas gestão de riscos gestão remota de frotas gestor de frota leve gestor frota leve gps ipiranga ipiranga connect ipsum jornada km de vantagem caminhoneiro kpis frotas lançamento legislação lei lei do motorista lorem manutenção meio ambiente meio ambiente e transporte mensurar eficiência de frota motorista protegido motoritas mulheres caminhoneiras multas frotas otimização otimização de tempo outubro rosa papel parceria pedágios petrobras mudança combustivel planejamento planilhas pneus política pos ipiranga postos práticas de gestão de frotas responsáveis preço preço base preço combustível preço do combustível preco do combustivel frotas prevenção prevenção de acidentes motoristas preventiva programa saude na estrada quilometragem rastreamento recolha de nfs recolha de notas fiscais para frotas redução redução de custos refeição refeição grátis rotas roteirização roteirizador saude na estrada sem papel serviços sinalização do transporte sinalização frotas Sistema de gestão de frotas solução integrada tecnologia de bordo telemetria tempo de viagem tencologia tipos de frotas transporte troca de km troca de veículos da frota trocar frota veículos veículos autônomos veículos elétricos viagem